Domingo, Setembro 26
Shadow

Artigos

SETEMBRO DOM JOSÉ

SETEMBRO DOM JOSÉ

Artigos
Neste mês de Setembro, vivencia-se um tempo favorável para enaltecer os grandes feitos de Dom José Tupinambá da Frota e divulgar a valorosa figura deste homem de Deus, considerado o maior benfeitor de Sobral. Ele nasceu a 10 de setembro de 1882 e faleceu a 25 de setembro de 1959. Por isso, este mês é chamado Setembro de Dom José. Na ocasião das homenagens feitas a Dom José no centenário de seu nascimento, em 1982, Mons. Ximenes de Aragão publicou neste jornal um brilhante panegírico sobre o referido bispo, no qual se lê o seguinte trecho: “A caminhada de libertação de um povo tem sempre um Abraão pela frente, tem um Moisés, um Messias, e Dom José representou todos eles na Israel de Sobral. Foi o maior profeta. Aquele que apareceu com uma luz e uma visão que ninguém teve”. De fato, a Hist...
CATEQUISTA, UM MINISTÉRIO

CATEQUISTA, UM MINISTÉRIO

Artigos
Dom Adelar Baruffi Bispo de Cruz Alta (RS)   Nosso Papa Francisco nos ofereceu um “ministério” para os catequistas. Isto foi no dia dez de maio deste ano, com a Carta Apostólica “Antiquum ministerium” (ministério antigo). Nós temos em nossa Diocese de Cruz Alta mais de um mil catequistas. Eles já estão sendo orientados na Iniciação à Vida Cristã, num processo de discernimento. Sua missão está ligada à comunidade de fé, com uma preparação intelectual, amor pelos outros e busca do seguimento de Jesus Cristo no real da vida. Elas têm um caminho que fazem sempre, há vários anos, em nossa Diocese. É bom recordar toda a formação que acontece, sobretudo o Curso de Lideranças e a possibilidade de preparar-se sempre mais para a importante missão que exercem. Contudo, a alegria do caminho que...
A QUEM IREMOS?

A QUEM IREMOS?

Artigos
Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo de Belém do Pará (PA)   Somos continuamente provocados a fazer escolhas, diante das enormes e variadas possibilidades que nos são oferecidas em todos os campos. E temos à nossa disposição um imenso leque para as eventuais definições, desde o dia a dia mais singelo até as grandes opções da vida, como pode ser o estado de vida e a realização vocacional, como a Igreja nos ajuda a tomar consciência durante o mês de agosto. Podemos inclusive reconhecer que muitos dos novos meios tecnológicos têm um potencial positivo, se bem utilizados, para a abertura de novos caminhos de serviço e dedicação a Deus e ao próximo. Os primeiros discípulos de Jesus tiveram que se confrontar com escolhas muito exigentes. Sabemos que as multidões acorriam a ele e do mei...
O TESTEMUNHO DE FÉ DOS LEIGOS NO MUNDO!

O TESTEMUNHO DE FÉ DOS LEIGOS NO MUNDO!

Artigos
Dom José Gislon Bispo de Caxias do Sul (RS)   Estimados irmãos e irmãs em Jesus Cristo! Neste mês vocacional, não poderíamos deixar de recordar e celebrar a vocação dos leigos na vida da Igreja, tendo presente que eles são os grandes protagonistas na Igreja em nossas comunidades. O Concílio Vaticano II é um marco na vida da Igreja, porque marcado por um olhar sobre o passado, tendo presente o caminho percorrido, mas também por um olhar de esperança em relação ao futuro, lembrando que o Reino de Deus vai sendo construído na realidade da vida do Povo de Deus, com suas alegrias e provações. O Concílio também valorizou o papel dos leigos na Igreja, a sua participação ativa na ação e na missão evangelizadora. A colaboração dos leigos e a importância do seu protagonismo na comunidade f...
“EU E MINHA CASA SERVIREMOS AO SENHOR” (JS 24,15)

“EU E MINHA CASA SERVIREMOS AO SENHOR” (JS 24,15)

Artigos
Dom Adimir Antonio Mazali Bispo de Erexim (RS)               Nossa saudação a todos os irmãos e irmãs que novamente acompanham Voz da Diocese e de modo muito especial, todas as lideranças que atuam em nossas comunidades, neste dia dedicado à vocação laical dentro do espírito do mês vocacional, que nos diz: “Cristo nos salva e nos envia”.             Queremos refletir a Palavra de Deus deste 21º Domingo do Tempo Comum que nos convida a tomar uma decisão por Cristo que “tem palavras de vida eterna”.             Na primeira leitura, Josué reúne as tribos de Israel e os coloca diante da necessidade de uma decisão: “Se vos parece mal servir ao Senhor, escolhei hoje a quem quereis servir: se aos deuses a quem vossos pais serviram na Mesopotâmia, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra h...
A PRESENÇA DOS LEIGOS NA VIDA ECLESIAL E NA SOCIEDADE

A PRESENÇA DOS LEIGOS NA VIDA ECLESIAL E NA SOCIEDADE

Artigos
Dom Darley José Kummer Bispo auxiliar de Porto Alegre (RS)   Neste final de semana, queremos homenagear a presença dos leigos na sociedade e na vida da Igreja. Eles são sinal de pertença cristã e são chamados a serem “sal da terra” e “luz no mundo”, vivendo o espírito de santidade e herdeiros da fé em Cristo. Como disse o Papa Francisco, “os leigos estão na linha de frente da vida da Igreja. Necessitamos de seu testemunho sobre a verdade do Evangelho e de seu exemplo ao expressar sua fé com a prática da solidariedade. Agradeçamos pelos leigos que arriscam, que não têm medo, e que dão motivos de esperança aos mais pobres, excluídos e marginalizados. Peçamos juntos (…) que os fiéis leigos realizem a sua missão específica, a missão que receberam no batismo, colocando sua criati...
LITURGIA DIÁRIA

LITURGIA DIÁRIA

Artigos
Cor Litúrgica: Verde Quinta-feira da 20º Semana do Tempo Comum | 19.08.2021 Primeira Leitura (Jz 11,29-39a) Leitura do Livro dos Juízes. Naqueles dias, 29o espírito do Senhor veio sobre Jefté e ele, atravessando Galaad e Manassés, passou por Masfa e Galaad e de lá marchou contra os filhos de Amon. 30E Jefté fez um voto ao Senhor, dizendo: “Se entregares os amonitas em minhas mãos, 31a primeira pessoa que sair da porta de minha casa para vir ao meu encontro, quando eu voltar vencedor sobre os amonitas, pertencerá ao Senhor e eu a oferecerei em holocausto”. 32Jefté passou às terras dos amonitas para combater contra eles, e o Senhor entregou-os em suas mãos. 33E Jefté fez uma grande mortandade em vinte cidades, desde Aroer até a entrada de Menit e até Abel-Carmim, e assim os filhos de Am...
HOMILIA DIÁRIA com Pe. Eufrázio Filho – 18/08 (quarta-feira)

HOMILIA DIÁRIA com Pe. Eufrázio Filho – 18/08 (quarta-feira)

Artigos
20ª Semana do Tempo Comum | Quarta-feira   Primeira Leitura (Jz 9,6-15) Leitura do Livro dos Juízes. Naquele tempo, 6todos os habitantes de Siquém e os de Bet-Melo se reuniram junto a um carvalho que havia em Siquém e proclamaram rei a Abimelec. 7Informado disso, Joatão foi postar-se no cume do monte Garizim e se pôs a gritar em alta voz, dizendo: “Ouvi-me, moradores de Siquém, e que Deus vos ouça. 8Certa vez as árvores resolveram ungir um rei para reinar sobre elas, e disseram à oliveira: ‘Reina sobre nós’. 9Mas ela respondeu: ‘Iria eu renunciar ao meu azeite, com que se honram os deuses e os homens, para me balançar acima das árvores?’ 10Então as árvores disseram à figueira: ‘Vem e reina sobre nós’. 11E ela lhes respondeu: ‘Iria eu renunciar à minha doçura e aos saborosos frut...
HOMILIA DIÁRIA com Pe. Eufrázio Filho – 17.08 (terça-feira)

HOMILIA DIÁRIA com Pe. Eufrázio Filho – 17.08 (terça-feira)

Artigos
Primeira Leitura (Jz 6,11-24a) Leitura do Livro dos Juízes. Naqueles dias, 11veio o anjo do Senhor e sentou-se debaixo de um carvalho que havia em Efra, e pertencia a Joás, da família de Abiezer. Gedeão, seu filho, estava sacudindo e limpando o trigo na eira, para o esconder dos madianitas, 12quando o anjo do Senhor lhe apareceu e disse: “O Senhor está contigo, valente guerreiro!” 13Gedeão respondeu: “Se o Senhor está conosco, peço-te, Senhor, que me digas por que nos aconteceu tudo isto? Onde estão aquelas tuas maravilhas que nossos pais nos contaram, dizendo: ‘O Senhor nos tirou do Egito’? Mas agora o Senhor nos abandonou e nos entregou nas mãos dos madianitas”. 14Então o Senhor voltou-se para ele e disse: “Vai, e com essa força que tens livra Israel da mão dos madianitas. Sou eu ...
MEDITAÇÃO DO EVANGELHO DO DIA – 12.08.2021

MEDITAÇÃO DO EVANGELHO DO DIA – 12.08.2021

Artigos
A necessidade do perdão. Evangelho de hoje: (Mateus 18,21--19-1). "Senhor quantas vezes eu devo perdoar ao irmão que peca contra mim? até sete vezes? Jesus respondeu: "Não digo até sete, mas até setenta e sete vezes". Meus caros irmãos, Deus nos fez sua imagem e semelhança e por isso, participamos da sua bondade uma vez que na essência só Deus é bom, como disse Jesus no Evangelho. O perdão nos faz bem, mais próximos da essência do nosso Deus que não deseja a morte do pecador, e sim, que ele viva e se converta. (Ezequiel 33,11). Para responder a pergunta de Pedro, Jesus hoje conta a parábola de um servo que devia uma quantia impagável a seu patrão mas que encontrou da parte do mesmo um coração tão generoso, bondoso que perdoou toda a dívida. No entanto, esse mesmo servo não teve para...