Quarta-feira, Maio 25
Shadow

Artigos

6° DOMINGO DA PÁSCOA

6° DOMINGO DA PÁSCOA

Artigos
Dom Carmo João Rhoden Bispo Emérito de Taubaté (SP)    Disse Jesus: “Se alguém me ama, guardará minha palavra, e meu Pai o amará; viremos a ele e faremos nele nossa morada” (Jo 14,23).  1° Jesus prepara os seus para sua despedida, pois, voltará ao Pai. Dele veio, a Ele voltará. Vencedor. Mas não deixará os seus abandonados, pois, enviará, outro Paraclito: o Espirito-Santo. Ele Mesmo-Jesus-voltará de forma não invisível, mas bem real. Os que creem e O amam, tornar-se-ão morada da Trindade. Por isso, devemos cultivar nossa intimidade com a Trindade. Como o fazermos? Assumindo nossa vocação, nosso batismo.   2° Jesus ressuscitado, aparecendo ao seus, lhes desejou a paz. Onde, falta está, também, haverá de faltar a Trindade. Então faltará tudo. Como vão nossas comunidades?...
VISITA AD LIMINA APOSTOLORUM

VISITA AD LIMINA APOSTOLORUM

Artigos
Dom Jaime Vieira Rocha  Arcebispo de Natal (RN) Desde o dia 16 de maio até hoje, eu e os outros Arcebispos e Bispos do Regional Nordeste 2 da CNBB, compreendendo os estados de Alagoas, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte, estivemos em Roma para a Visita Ad Limina. É uma visita dos bispos ao Papa, geralmente a cada 5 anos dentro do exercício do ministério episcopal à frente da Diocese.    A Visita Ad Limina é prescrita no Código de Direito Canônico (cf. Cân. 399-400). São previstos apresentação de relatórios sobre a situação da Diocese ao Sumo Pontífice, como também a veneração dos sepulcros dos Apóstolos Pedro e Paulo. Na Constituição Apostólica sobre a reforma da Cúria Romana, Praedicate Evangelium (19 de março de 2022), no paragrafo 39 assim se exprime: “Esta visita tem uma ...
SANTA RITA DE CÁSSIA

SANTA RITA DE CÁSSIA

Artigos
Cardeal Orani João Tempesta Arcebispo do Rio de Janeiro (RJ)   Celebramos, no dia 22 de maio, o dia de Santa Rita de Cássia, uma santa bem popular na cultura religiosa do Brasil. Neste ano a festa é omitida pois é o 6º domingo do tempo pascal, a não ser em igrejas em que Santa Rita é titular.  A sua primeira Igreja no Brasil é no centro do Rio de Janeiro cuja devoção tem mais de 3 séculos. Santa Rita defendeu sua família e rezava muito por seu esposo, que era alcoólatra, e por seus filhos para seguirem o bom caminho. Santa Rita é um exemplo para todas as mães de que, através dos joelhos dobrados e da oração, é possível conseguir muitas graças.   Como encontramos os dados da santa na internet e em muitos livros, a sua vida é muito conhecida. Desde criança, Santa Rita demonstrava ...
A SINODALIDADE NA VIDA E NA MISSÃO DA IGREJA

A SINODALIDADE NA VIDA E NA MISSÃO DA IGREJA

Artigos
COMISSÃO TEOLÓGICA INTERNACIONAL A SINODALIDADE NA VIDA E NA MISSÃO DA IGREJA   NOTA PRELIMINAR INTRODUÇÃO: O KAIRÓS DA SINODALIDADE Sínodo, Concílio, sinodalidade Comunhão, sinodalidade, colegialidade Um limiar de novidade no sulco do Vaticano II Objetivo e articulação do documento CAPÍTULO 1: A SINODALIDADE NA ESCRITURA, NA TRADIÇÃO, NA HISTÓRIA 1.1. O Ensinamento da Escritura 1.2. Os testemunhos dos Padres e a Tradição no Primeiro Milênio 1.3. O desenvolvimento da praxe sinodal no Segundo Milênio CAPÍTULO 2: RUMO À TEOLOGIA DA SINODALIDADE 2.1. Os fundamentos teologais da sinodalidade 2.2. O caminho sinodal do povo de Deus peregrino e missionário 2.3. A sinodalidade expressão da eclesiologia de comunhão 2.4. A sinodalidade no dinamismo da comunhão...
SÍNODO – CONSTITUIÇÃO APOSTÓLICA

SÍNODO – CONSTITUIÇÃO APOSTÓLICA

Artigos
FRANCISCO CONSTITUIÇÃO APOSTÓLICA EPISCOPALIS COMMUNIO SOBRE O SÍNODO DOS BISPOS 1. A COMUNHÃO EPISCOPAL, com Pedro e sob Pedro, manifesta-se de maneira peculiar no Sínodo dos Bispos, o qual, instituído por Paulo VI em 15 de setembro de 1965, constitui um dos legados mais preciosos do Concílio Vaticano II.[1]Desde então o Sínodo, novo quanto à instituição mas muito antigo na sua inspiração, presta uma eficaz colaboração ao Romano Pontífice – segundo as modalidades por ele mesmo estabelecidas – nas questões de maior importância, isto é, naquelas que requerem especial erudição e prudência, para o bem de toda a Igreja. Deste modo, o Sínodo dos Bispos, «agindo em nome de todo o Episcopado católico, mostra ao mesmo tempo que todos os Bispos em comunhão hierárquica participam da solicitud...
SÍNODO – DISCURSO DO SANTO PADRE, O PAPA FRANCISCO

SÍNODO – DISCURSO DO SANTO PADRE, O PAPA FRANCISCO

Artigos
COMEMORAÇÃO DO CINQUENTENÁRIO DA INSTITUIÇÃO DO SÍNODO DOS BISPOS DISCURSO DO SANTO PADRE FRANCISCO Aula Paulo VI Sábado, 17 de Outubro de 2015 Beatitudes, Eminências, Excelências, Irmãos e Irmãs! A comemoração do cinquentenário da instituição do Sínodo dos Bispos, em pleno andamento da Assembleia Geral Ordinária, é para todos nós motivo de alegria, louvor e agradecimento ao Senhor. Desde o Concílio Vaticano II até à actual Assembleia, temos vindo a experimentar de forma cada vez mais intensa a necessidade e a beleza de «caminhar juntos». Nesta feliz circunstância, desejo saudar cordialmente o Senhor Cardeal Lorenzo Baldisseri, Secretário-Geral, juntamente com o Subsecretário D. Fabio Fabene, os oficiais, os consultores e restantes colaboradores da Secretaria Geral do Síno...
O TEMPO DA VIDA PASSA

O TEMPO DA VIDA PASSA

Artigos
Dom Aloísio Alberto Dilli   Bispo de Santa Cruz do Sul (RS)   Caros Irmãos e queridas Irmãs. Quando completamos mais um ano de vida ou celebramos a virada de ano novo agradecemos a Deus pela graça de existirmos, de sermos seus filhos/filhas, por tudo o que somos e temos. Não nos esquecemos de pedir por saúde e por longa vida. Junto com tudo isso o pensamento também se volta para uma avaliação do nosso viver passado e presente e tentamos projetar o futuro com esperança, mesmo com as normais incertezas que a vida nos traz. Enfim, entramos na categoria do tempo. Então nos damos conta que os anos passam e que cada dia ou ano vivido, bem ou mal, não volta mais. O dia seguinte é sempre uma nova jornada de esperança, que nos traz oportunidades, talvez ainda não vividas. É o misterioso...
O BATISMO DO SENHOR ILUMINA O NOSSO BATISMO

O BATISMO DO SENHOR ILUMINA O NOSSO BATISMO

Artigos
Dom Vital Corbellini Bispo de Marabá (PA)     A Igreja festeja o batismo do Senhor Jesus, marcando o início de sua missão de Salvador da humanidade e anúncio do Reino de Deus. Este batismo ilumina também o nosso batismo, pois ele nos torna filhos e filhas de Deus Uno e Trino. Jesus disse para os seus discípulos para irem ao mundo, fazerem discípulos seus com o compromisso de realizarem o batismo em nome de Deus Uno e Trino (Mt 28,20). Nós somos chamados a viver o nosso batismo que é a porta de entrada na vida eclesial e de todos os sacramentos.   Na preparação ao Messias que deveria vir, João batizava com água o povo, mas ele mesmo disse que viria aquele que é mais forte do que ele, do qual ele não era digno de desamarrar a correia de suas sandálias (Jo 1,27). Quando Jesus f...
TREZENA DE SÃO SEBASTIÃO

TREZENA DE SÃO SEBASTIÃO

Artigos
Cardeal Orani João, Cardeal Tempesta Arcebispo do Rio de Janeiro (RJ)    Iniciamos nesta sexta-feira, dia sete de janeiro, a trezena em honra ao nosso glorioso Mártir São Sebastião. Logo no início de cada ano, desde que chegamos nesta Arquidiocese, sempre com grande alegria e com o coração cheio de fé rezamos a trezena em honra ao nosso glorioso padroeiro empreendendo a peregrinação da réplica de sua imagem original por todos os cantos e recantos da nossa amada cidade, nascida à sombra do glorioso Mártir São Sebastião. Pedindo sobretudo por saúde, emprego, paz e que ele nos conceda um ano repleto de coisas boas.   Como acontece todos os anos durante a trezena, a imagem do nosso padroeiro percorrerá todos os cantos da cidade, sendo marcada por momentos de emoção e muita fé. É...
EXPECTATIVAS DE 2022

EXPECTATIVAS DE 2022

Artigos
Dom Paulo Mendes Peixoto Arcebispo de Uberaba (MG) Não é fácil fazer projeção na história de uma nação cheia de contradições, desafios, pandemia, desemprego, fome, diversidade na cultura, na economia, na política, na prática religiosa e crise governamental. Até olhamos para o futuro com certa desconfiança, porque o país vive na condição de ameaçado, com muita destruição da natureza e sacrificado por políticas e políticos desonestos. Mas a história ainda não acabou. Ela continua e tudo pode ser transformado com o esforço de todos os brasileiros. Há esperança de mudança, de valorização das potencialidades que o Brasil tem em todos os sentidos, principalmente de um povo ordeiro e paciente. Um caminho de esperança passa pela escolha de bons administradores, competentes e honestos nas el...