Quinta-feira, Abril 18
Shadow

VISITA AD LIMINA APOSTOLORUM

Dom Jaime Vieira Rocha 
Arcebispo de Natal (RN)

Desde o dia 16 de maio até hoje, eu e os outros Arcebispos e Bispos do Regional Nordeste 2 da CNBB, compreendendo os estados de Alagoas, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte, estivemos em Roma para a Visita Ad Limina. É uma visita dos bispos ao Papa, geralmente a cada 5 anos dentro do exercício do ministério episcopal à frente da Diocese.   

A Visita Ad Limina é prescrita no Código de Direito Canônico (cf. Cân. 399-400). São previstos apresentação de relatórios sobre a situação da Diocese ao Sumo Pontífice, como também a veneração dos sepulcros dos Apóstolos Pedro e Paulo. Na Constituição Apostólica sobre a reforma da Cúria Romana, Praedicate Evangelium (19 de março de 2022), no paragrafo 39 assim se exprime: “Esta visita tem uma importância peculiar para a unidade e a comunhão na vida da Igreja, enquanto

constitui o momento mais alto das relações dos Pastores de cada Igreja Particular e de toda Conferencia Episcopal e de toda Estrutura hierárquica oriental com o Bispo de Roma”. De fato, essa unidade e comunhão, sentimos nesses dias. E, da parte do Papa, foi visível o sentimento apresentado no encontro com os bispos, sentimento que a própria Constituição Apostólica Praedicate Evangelium expressa: “Ele [o Papa], de fato, recebendo os seus irmãos no Episcopado, trata com eles das coisas que concernem o bem das Igrejas e a função pastoral dos Bispos, confirma-os e sustenta-os na fé e na caridade”. 

No primeiro dia das atividades da Visita Ad Limina, dia 16, tive a graça de presidir a Celebração Eucarística, na Basílica de São Pedro, junto ao tumulo do Apostolo Pedro. A Celebração foi cerimoniada pelo Mons. Flávio Medeiros, presbítero de nosso Clero e cônego da Basílica. Após a Missa visitamos as Congregações para a Educação Católica e da Causa dos Santos, como também o Pontifício Conselho para a Nova Evangelização. No segundo dia, 17, a Celebração Eucarística aconteceu na Basílica de São João de Latrão, a “Catedral” do Papa. Tivemos encontros na Congregação dos Bispos, na Secretaria de Estado, na Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos e na Pontifica Comissão para a América Latina. 

No dia 18, terceiro dia da Visita, a Celebração Eucarística aconteceu na Basílica de Santa Maria Maior. Visitamos as Congregações para o Clero, para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedade de Vida Apostólica, para a Doutrina da Fé. Nesse dia também visitamos o Pontifício Conselho para a Comunicação. 

Ontem, dia 19, quarto dia da Visita, a Celebração Eucarística foi vivida na belíssima Basílica de São Paulo Fora dos Muros. As visitas aos Dicastérios continuaram: pela manhã, visitamos os Dicastérios para os Leigos, Família e Vida e o Dicastério para o Desenvolvimento Humano Integral; à tarde, tivemos encontros com uma importante instituição de justiça da Santa Sé: o Supremo Tribunal da Assinatura Apostólica. E ainda, visitamos a Pontifica Comissão para a Tutela dos Menores. 

Um momento significativo e bastante motivador foi o encontro que tive com o Prefeito da Congregação para o Clero, o Arcebispo coreano Dom Dom Lazzaro You Heung-sik. Na ocasião, ofereci-lhe o livro “Monsenhor Expedito Sobral de Medeiros: um arauto da dignidade humana no sertão potiguar”, resultado do trabalho de conclusão do mestrado que fiz em Ciências da Religião. Quando falei de Mons. Expedito e de outros sacerdotes de nossa Igreja Particular, como os santos mártires Pe. André de Soveral e Pe. Ambrósio Francisco Ferro e do testemunho de caridade vivido pelo Pe. João Maria, Dom Lazzaro ficou realmente encantado. E destacou que “esses testemunhos, unidos ao Evangelho, devem plasmar a vida de todo o clero da Arquidiocese de Natal e, sobretudo, dos novos sacerdotes”. 

Por fim, coroando esses momentos de graça vividos por nós, bispos do Regional Nordeste 2, tivemos a audiência com o Papa Francisco. Um verdadeiro sinal e unidade, de espiritualidade, de confirmação na fé. Papa Francisco nos exortou a sermos pastores que consolem o povo santo de Deus e lhes infunda esperança. Graças a Deus, uma visita que reconfortou nossos corações. 

Fonte: Site CNBB

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *