Domingo, Setembro 19
Shadow

SANTÍSSIMA TRINDADE: FONTE DE SOLIDARIEDADE, PARTILHA E CUIDADO

Dom Roberto Francisco Ferreria Paz
Bispo de Campos (RJ)

A Solenidade da Santíssima Trindade é uma das grandes festas do Tempo Comum, denominado assim por ser o período litúrgico destinado à vivência e testemunho da missão de anunciar o Evangelho e torná-lo carne na realidade concreta. Assim, depois das festas do Natal e da Páscoa, que celebram, respectivamente, a encarnação, redenção, e plenitude da salvação, adorando e louvando a cada uma das pessoas da Trindade: o Pai Criador, o Filho Redentor e o Espírito Vivificador, somos convidados a contemplar o mistério na perfeita unidade e comunhão das três pessoas.

O mistério do Deus Uno e Trino é fonte de comunhão solidária; na Criação, garantindo a harmonia e biodiversidade; entre as pessoas, gerando a fraternidade e sociabilidade da convivência humana e a comunhão eclesial; entre as Igrejas locais e a Igreja Universal, edificando a koinonia (unidade no amor); entre carismas, ministérios, dons e serviços.

Mas, é uma unidade que respeita e faz crescer a diversidade, pluralidade e singularidade entre todas as criaturas e pessoas da Terra, fazendo descobrir a interdependência e a partilha necessária do que somos e do que temos para o desenvolvimento integral, solidário, inclusivo e sustentável de todos/as.

Ainda, o mistério Trinitário é manancial de cuidado amoroso e compassivo, mostrando o rosto misericordioso de um Deus Família, Pai e Mãe, que protege, ampara e faz crescer tudo o que vive, animando e embelezando a Criação. Diante do fascínio da pericorese, comunhão perfeita da Trindade, reconhecemos que ninguém, e nenhum ser, é privado de sentido, ou perdido no espaço, sem ter eira nem beira.

Ao contrário, caminhamos ascencionalmente ao encontro da plenitude, oceano de misericórdia, festa sem fim, beleza eterna da Santíssima Trindade. Por isso, afirmava Karl Rahner, pretender explicar este mistério com o nosso conhecimento limitado, é pretensioso; conhecê-lo, será nossa salvação; contemplá-lo, será nossa felicidade infinita. Deus seja louvado !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *