Quinta-feira, Abril 18
Shadow

Quinta-feira Santa: Clero diocesano participa de Missa do Crisma e bênção dos Santos Óleos na SÉ Catedral de Sobral

Na manhã da quinta-feira santa, 06/04, foi celebrado na Catedral de Nossa Senhora da Conceição, a Missa dos Santos Óleos que também é conhecida como Missa da Unidade. A Celebração presidida por Dom Vasconcelos reuniu diáconos, religiosas, seminaristas e fiéis leigos.

O presbitério da diocese se reúne em torno do seu bispo para a benção dos óleos dos Catecúmenos e dos enfermos e a Consagração do Óleo do Crisma. Além disso, nesta celebração, os sacerdotes renovam suas promessas sacerdotais que outrora foram feitas no dia de sua ordenação presbiteral. De acordo com o Pontificial Romano, a Liturgia cristã fez seu o costume do Antigo Testamento, em que os reis, os sacerdotes e os profetas eram ungidos com o óleo da consagração, pois eram figuras de Cristo, cujo nome significa «Ungido do Senhor». Neste sentido, podemos recordar, o Rei Davi que foi ungido pelo profeta Samuel a pedido de Deus. Do mesmo modo, com o santo crisma, também se mostra que os cristãos, inseridos pelo Batismo no mistério pascal de Cristo, mortos e sepultados com o Senhor e com Ele ressuscitados, se tornam participantes do seu sacerdócio real e profético, e, pela Confirmação, recebem a unção espiritual do Espírito Santo que lhes é dado. Com o óleo dos catecúmenos, é ampliado o efeito dos exorcismos, pois que os batizandos são fortalecidos para poderem renunciar ao demônio e ao pecado, antes de se aproximarem da fonte da vida e de nela renascerem. O óleo dos enfermos, cujo uso é atestado por São Tiago, proporciona aos doentes o remédio para a alma e para o corpo, a fim de poderem suportar e superar com fortaleza os males e alcançarem o perdão dos pecados.

Em sua homilia, Dom Vasconcelos falou sobre a importância do sacerdócio e da renovação das promessas sacerdotais. “Hoje recordamos aquele dia em que todos foram chamados ao sacerdócio e disseram sim. Mergulharemos hoje no tríduo pascal, sentiremos com Jesus o beijo de Judas, pois com ele morreremos e com ele ressuscitaremos. Preparamo-nos durante quarenta dias para experimentarmos com ele uma páscoa existencial, páscoa é passagem, vida nova e definitiva que apesar dos nossos pecados nos escolheu. A ele pertencemos, todo o nosso ser, em qualquer lugar ou tempo, devem refletir os gestos, as atitudes e a vida de Jesus e isso só será possível através da sua graça”.

Após a meditação da homilia, Dom Vasconcelos rodeado do presbitério e do povo de Deus, abençoou os santos óleos. A Missa crismal, que o Bispo concelebra com os presbíteros das várias regiões da diocese, e dentro da qual consagra o santo crisma e benze os outros óleos, é considerada uma das principais manifestações da plenitude do sacerdócio do Bispo e sinal da íntima união dos presbíteros com ele.

 

Thais Helena
Redação Jornal Correio da Semana

Marcildo Brito
Repórter Fotográfico – Jornal Correio da Semana

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *