Segunda-feira, Maio 27
Shadow

Episcopado Brasileiro participa da 61ª Assembleia Geral da CNBB

Teve início terça-feira, 10 de abril, a 61ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil em Aparecida/SP. A pauta inclui o tema central: “A realidade da Igreja no Brasil e a atualização de suas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora”, três temas prioritários: “Sínodo dos Bispos 2021-2024″, “Jubileu 2025” e “Juventude”.

Segundo o capítulo III, do Estatuto Canônico da CNBB, promulgado dia 8 de dezembro de 2022, a “Assembleia Geral, órgão supremo da CNBB, é a expressão e a realização maior do afeto colegial, da comunhão e da corresponsabilidade dos Pastores da Igreja no Brasil” com a finalidade de realizar os “objetivos da CNBB, para o bem do povo de Deus” (cf. parágrafo único do artigo 11).

 

 

 

Esta edição da Assembleia Geral dos Bispos do Brasil será marcada pela celebração dos 60 anos da realização da Campanha da Fraternidade no Brasil. Todos os membros da CNBB são convocados a participar, ou seja, todos os cardeais, arcebispos, bispos diocesanos, auxiliares, coadjutores e administradores diocesanos. Também são convidados bispos eméritos e representantes dos organismos e pastorais da Igreja.

       

         

O bispo diocesano de Sobral e vice-presidente do Regional Nordeste 1, Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos, marca presença na assembleia juntamente com os demais bispos do Ceará, e o arcebispo, Dom Gregório Paixão. Neste ano, Dom Magnus Henrique, atual presidente do regional não pôde estar presente em virtude de uma recuperação de um procedimento cirúrgico.

Episcopado Cearense na 61ª Assembleia Geral da CNBB: Dom Ailton Menegussi, Dom Júlio César, Dom Vasconcelos, Dom Aurélio Pinto, Dom André Vital, Dom Edimilson Neves, Dom Rosalvo Cordeiro, Dom Geraldo Freire, Dom Valdemir Vicente e Dom Gregório Paixão.


Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos, bispo diocesano de Sobral/CE

Neste ano, participa do encontro o cardeal Pietro Parolin, secretário do Estado do Vaticano. Diariamente os bispos participam da Santa Missa no Santuário Nacional de Aparecida e de inúmeras sessões ao longo do dia, onde são tratados assuntos pastorais relacionados à Igreja e aos desafios emergentes das pessoas e da sociedade, sempre na perspectiva da evangelização.

A assembleia seguirá até a próxima sexta-feira, 19 de abril.

 

Thais Helena
Jornalista

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *