Segunda-feira, Maio 20
Shadow

Dom Edimilson Neves celebra jubileu de prata pelos 25 anos de Ordenação Presbiteral

Aconteceu na última segunda-feira, 12/12, a solene liturgia eucarística em ação de graças na Catedral de Sant’Ana pelos 25 anos de ordenação presbiteral de Dom Edmilson Neves Ferreira, bispo diocesano de Tianguá.

Dom Edimilson nasceu na cidade de Jardim (CE) em 03 de outubro de 1969. É filho do casal Francisco Ferreira Gorgônio e Maria Ivanir das Neves Ferreira Gorgônio. Possui três irmãos: Maria Margarida, Antônio Jurandir e José Romilson. Fez seus estudos iniciais na sua cidade natal, Jardim (CE): 1º Grau, na Escola Dr. Romão Sampaio e o  2º Grau, no Centro Educacional Pe. Aldemir. Foi matriculado no Seminário São José de Crato em 13 de fevereiro de 1989, sendo transferido em 1990 para o Seminário da Arquidiocese de Fortaleza, a fim de prosseguir nos estudos visando o sacerdócio. Obteve graduação em Filosofia pela Universidade Estadual do Ceará em Fortaleza em 1995. Concluiu Teologia no Instituto Teológico Pastoral do Ceará, em Fortaleza em 1996. Foi ordenado sacerdote no dia 25 de maio de 1997, na igreja-matriz de Santo Antônio, da cidade de Jardim- CE, pelas mãos de Dom Newton Holanda Gurgel. Foi na cidade do Crato que realizou a maior parte das suas atividades sacerdotais.

A celebração eucarística contou com a participação do clero diocesano de Tianguá. Alguns bispos também concelebraram, entre eles, Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos, bispo de Sobral e presidente do Regional NE1. Representando o clero da Diocese de Sobral, também esteve presente, Pe. Agnaldo Temóteo, vigário geral e Pe. João Paulo, chanceler da Cúria Diocesana.

“Fui um seminarista muito feliz e agradeço a todos os meus formadores por isso. Realizei um sonho vocacional que jamais pensei que seria possível, sobretudo por conta de minha limitação física que para mim parecia impossível. O sacerdócio é um mistério insondável que envolve a ação de Deus, porque ele escolhe quem ele quer, é o Deus do impossível que surpreende e realiza o seu projeto. Faz uma virgem ficar grávida, uma estéril dar a luz e um deficiente físico virar sacerdote, esse é o nosso Deus”, disse Dom Edimilson durante a homilia.

Ao final houve diversas manifestações de homenagens que relembraram seus familiares e algumas religiosas que fizeram parte desta caminhada sacerdotal. Em seguida, seguiram para um momento de convivência fraterna em um jantar especial.

Thais Helena – Redação Correio da Semana
Fotos – PASCOM Catedral de Sant’Ana

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *