Domingo, Setembro 19
Shadow

10 de Agosto – São Lourenço

“Em verdade, em verdade vos digo, se o grão de trigo que cai na terra não morre, ele continua só um trigo; mas, se morre, então produz muito fruto” João 12,24.

A Igreja celebra hoje São Lourenço diácono e mártir da Igreja cristã. como diácono, Lourenço tinha o trabalho de cuidar dos bens da Igreja e distribuir esmolas aos pobres. Certamente com esse oficio de distribuir aos pobres esmolas o diácono Lourenço vivenciou aquilo que São Paulo nos diz na primeira leitura de hoje: “Quem semeia pouco colherá também pouco, e quem semeia com largueza colherá também com largueza” (2 Coríntios 9,6). O imperador furioso e indignado, mandou prender Lourenço e ser queimado vivo sobre brasas ardentes, em uma grelha. Lourenço movido pela fé e pelo amor mais a Jesus do que a sua vida certo de que “Quem faz pouca conta de sua vida neste mundo conservá-la-á para vida eterna” (João 12,25) conservou seu humor e ao ser executado dirigiu palavras aos seus executores como essas: ” “Podem me virar agora. pois este lado já está bem assado”. São Lourenço é o padroeiro dos diáconos e também dos humoristas. o martírio de sangue é na Igreja o ato supremo de amor a Deus, fidelidade ao que se acredita, desapego profundo de si mesmo. No processo de beatificação e canonização de um mártir não precisa de milagres atribuídos a sua intercessão, o martírio em si já é o milagre. “O sangue dos mártires é a semente de novos cristãos” (Tertuliano, apologético 50,13). o martírio constitui um dos grandes dons para a Igreja. Há também um martírio chamado místico que é aquele em que o cristão renuncia seu pecado por amor a Deus e deixa morrer o home velho insensível a graça para renascer para a vida de Deus. Em audiência geral na praça de São Pedro o atual Papa afirmou “hoje existem mais mártires que no inicio da vida da Igreja, e eles estão por todos os lados.

O mártir suporta a morte com um ato de fortaleza. Santo Inácio de Antioquia dizia: “Deixai-me ser pasto das feras pelas quais poderei chegar á posse de Deus”. Peçamos a intercessão de São Lourenço pelos membros da Escola diaconal Santo Estêvão da nossa diocese de Sobral para que nossos candidatos ao diaconado permanente sejam féis a sua fé Apostólica, Católica, Romana e que se não pelo derramamento de sangue mas que saibam vivenciar o martírio místico que passa pelo caminho da via da renuncia a nossa vontade para que a Vontade de Deus prevaleça. São Lourenço e Padre Pio que soube também ser mártir misticamente falando intercedam por nós.

Pe. Eufrázio da Silva Filho – Diocese de Sobral

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *