Quinta-feira, Janeiro 13
Shadow

TREZENA DE SÃO SEBASTIÃO

Cardeal Orani João, Cardeal Tempesta
Arcebispo do Rio de Janeiro (RJ) 

 

Iniciamos nesta sexta-feira, dia sete de janeiro, a trezena em honra ao nosso glorioso Mártir São Sebastião. Logo no início de cada ano, desde que chegamos nesta Arquidiocese, sempre com grande alegria e com o coração cheio de fé rezamos a trezena em honra ao nosso glorioso padroeiro empreendendo a peregrinação da réplica de sua imagem original por todos os cantos e recantos da nossa amada cidade, nascida à sombra do glorioso Mártir São Sebastião. Pedindo sobretudo por saúde, emprego, paz e que ele nos conceda um ano repleto de coisas boas.  

Como acontece todos os anos durante a trezena, a imagem do nosso padroeiro percorrerá todos os cantos da cidade, sendo marcada por momentos de emoção e muita fé. É bonito ver a unidade de todo o povo em torno do seu padroeiro e com a Igreja Particular. Esses momentos marcam o coração dos fiéis. Da mesma forma durante cada dia da trezena celebraremos a missa em uma paróquia diferente dedicada a São Sebastião.  

Neste ano, devido à pandemia, os locais serão restritos e as visitas deverão ter todas as precauções necessárias diante desse momento que vivemos. Os responsáveis pela acolhida da imagem peregrina foram orientados quanto a isso. Não será como nos anos anteriores à pandemia, mas será uma oportunidade de continuar pedindo a São Sebastião sua intercessão como advogado contra as epidemias. 

Como acontece todos os anos, além dos textos da trezena, existe um tema que percorre todos estes dias. Neste ano, seguindo o nosso plano de pastoral, o tema é “São Sebastião, arauto da comunhão”. Que diante de tantas situações difíceis vivamos a unidade e comunhão entre nós. 

A trezena se encerrará no dia 19 de janeiro com a entrega do prêmio São Sebastião, que contempla pessoas que contribuem com a cultura brasileira aqui no Rio de Janeiro. Cada paróquia é convidada a celebrar a trezena, novena ou tríduo do padroeiro da cidade e da arquidiocese conforme suas possibilidades. No dia vinte de janeiro que é o dia do nosso padroeiro teremos a missa da cidade no Santuário-Basílica Menor dedicado a São Sebastião na Tijuca, as 14h30 teremos a carreata (também neste ano não teremos procissão) saindo da paróquia Nossa Senhora da Conceição em Santa Cruz, em direção a Catedral Metropolitana. O encerramento será com a missa as 17h00 e todo o povo de Deus é chamado a celebrar junto o seu padroeiro, pedindo paz e proteção para o ano que se inicia. 

A Igreja sempre realiza a novena ou trezena para preparar os fiéis para alguma celebração importante da Igreja, ou em preparação para a festa do padroeiro da comunidade paroquial ou da Diocese. A cada dia da novena ou trezena meditamos um ponto da vida daquele santo e pedimos ao Espírito Santo que possamos imitar um pouco da vida daquele santo.  

 A Trezena é voltada para a evangelização e o envolvimento da cidade na preparação da festa. De todas as comunidades, da cidade e interior, é a peregrinação que tem esta função. Pelo segundo ano consecutivo ainda convivemos com a pandemia da Covid-19, por isso para participar das celebrações temos que respeitar todos os protocolos necessários. Peçamos ao nosso santo padroeiro que nesse ano a pandemia da Covid-19 se afaste de nós e possamos ter um ano melhor dos anteriores.  

A Trezena de São Sebastião é uma maneira de unir a Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro em oração. A ocasião é um momento de missão popular, e neste ano, de um modo peculiar. Onde as comunidades, os morros, os bairros se unem num só desejo, que é o desejo da paz. E toda a cidade se une pela fé, clamando ao Santo padroeiro as mais copiosas bençãos de Deus.  

O dia de São Sebastião ocorre em um mês atípico, que é o mês de férias, quando muitas famílias viajam de férias, mas a cidade é também povoada pelos turistas. Façamos o possível para celebrarmos a trezena de São Sebastião e sua festa litúrgica no dia 20. O feriado de São Sebastião é um dia de irmos à Missa, seja na catedral Metropolitana ou em nossas comunidades pedindo ao nosso santo padroeiro pela paz em nossa cidade e no Brasil e ainda que nos livre da pandemia da Covid-19. Participar da festa de São Sebastião é a oportunidade de pedir que nosso ano seja abençoado.  

A realização da trezena de São Sebastião, seja em nossa comunidade, ou nosso bairro, com amigos e vizinhos, é uma oportunidade de construirmos o Reino de Deus aqui na terra e expandir a sua Palavra para todos os cantos da cidade. Ao rezarmos a trezena de São Sebastião seremos sal na terra e luz no mundo para os demais e assumiremos o nosso batismo.  

A nossa cidade se chama São Sebastião do Rio de Janeiro! Ela já é abençoada, pois traz o nome do padroeiro da cidade. Por isso, ele deve ser celebrado com alegria desde a trezena até ao dia de sua festa. Devemos propagar a nossa fé em nosso padroeiro e tornar o seu nome conhecido a todos os habitantes de nossa cidade.  

A trezena nos faz entrar em comunhão com os demais membros de nossa comunidade e com a igreja particular. Além de nos prepararmos melhor para celebrarmos a festa litúrgica de nosso padroeiro. A trezena é uma liturgia da palavra, ou seja, pode ser celebrada fora da missa, em um momento de oração na nossa comunidade ou em casa, bem como, nos locais de nosso trabalho diário.  

Celebremos com alegria no coração a trezena em honra ao nosso padroeiro e apresentemos a ele as intenções que trazemos em nosso coração. Pedindo sobretudo paz, proteção e emprego e ainda o fim da pandemia da Covid-19. Que possamos celebrar com muita alegria o dia do nosso padroeiro no próximo dia vinte.  

São Sebastião, rogai por nós! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *