Sexta-feira, Novembro 26
Shadow

Solene Liturgia de todos os Santos, presidida por Dom Vasconcelos na Catedral de Sobral

Solene Liturgia de todos os Santos, é presidida por Dom Vasconcelos na Catedral de Sobral

 

 

(Por Thais Helena – Portal de Comunicação Diocese de Sobral)

Dom Vasconcelos presidiu a solene celebração no último domingo, dia 07 de novembro às 18h30 na Catedral de Sobral.

O dia dedicado a todos os Santos é no dia primeiro de novembro, que antecede o dia de finados, mas de acordo com o site da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos), essa data do calendário gregoriano quando cai no calendário durante a semana, a igreja transfere essa solenidade para o Domingo seguinte para que um número maior de fiéis possa participar da celebração eucarística. É um momento em que a Igreja terrena que somos nós, voltamos o nosso olhar para a Igreja celeste e dessa maneira nos enchemos de alegria contemplando a multidão de todos aqueles que já participam da glória celeste. Somos convidados a elevar nosso hino de adoração ao Senhor e dar ação de graças por sua santidade resplandecer nos santos e santas.

A celebração da Solenidade de Todos os Santos nos ajuda a compreender que todos nós podemos ser santos e viver uma vida de santidade no dia a dia. Quando fomos batizados e marcados com o Divino Espírito Santo, recebemos uma missão de ser “sal na terra e luz no mundo” e isso quer dizer refletir a luz de Deus e ser sinal da presença dele para os outros. Essa é a vida de santidade que somos chamados por Deus a trilhar durante a nossa vida e assim após a passagem por essa vida terrestre alcançar a vida eterna e contemplar a face de Deus assim como os Santos.

Concelebrou em comunhão com o bispo diocesano, Pe. João Paulo, pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição – SÉ Catedral de Sobral. Todos os fiéis foram acolhidos, os que estavam presentes e aqueles que acompanharam através da Rádio Educadora e das redes sociais da Catedral, com muita alegria e satisfação por Dom Vasconcelos, e ele citou a importância da data que celebra o dia de todos os santos.

Durante a homilia, Dom Vasconcelos disse: “Deus é onisciente, onipotente e onipresente. Ele é eterno, todo poderoso, mas acima de tudo ele é santo. O santo dos santos. Esse Deus santo que nos criou a sua imagem e semelhança, nos convoca e nos convida a sermos santos. Para muitos de nós a santidade parece ser uma utopia, um sonho irrealizável. Ser santo não significa ser impecável, os santos não foram aqueles que nunca pecaram, mas foram aqueles que fizeram a opção pelo bem, uma opção por Deus, opção radical pela santidade e embora pelas suas fraquezas quando cai e quando pecam são capazes de reconhecer seus pecados, são capazes de pedir perdão a Deus pelos seus pecados e Deus é misericordioso. É Deus quem justifica e nos torna santos, e é a sua infinita misericórdia que nos dá essa graça”.

Após a homilia, foi cantado a Ladainha de todos os Santos por Maria acompanhada do Ministério de Música da Comunidade Coração de Maria. Ao final da celebração, foi cantado os parabéns para a jovem Maria Fernanda que estava completando 15 anos e Dom Vasconcelos a abençoou.

Fotos: Marcildo Brito – Repórter Fotográfico Jornal Correio da Semana

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *