Terça-feira, Junho 18
Shadow

Dom Vasconcelos ordena mais um presbítero para a Diocese de Sobral

O décimo segundo sacerdote ordenado pela imposição das mãos e oração consecratória de Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos, sétimo bispo diocesano de Sobral, foi ordenado na última terça-feira, 12 de dezembro, dia de Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira da América Latina, na Sé Catedral de Sobral.

O diácono Francisco Welington Pinto Silva, natural do município de Massapê, de vinte e sete anos, foi ordenado diácono no dia 22 de agosto na igreja matriz de sua cidade natal. A igreja particular da diocese de Sobral esteve reunida na igreja mãe e através das redes sociais para participar da celebração eucarística. Dom Vasconcelos acolheu o clero diocesano, sacerdotes e diáconos que vieram da arquidiocese de Fortaleza, diocese de Crato, seminaristas, familiares do diácono e todo o povo presente.

Antes da homilia houve a apresentação do candidato diante do bispo e o interrogatório ao Pe. Eudes Cruz, reitor do seminário de Teologia, sobre a aptidão do diácono. Dom Vasconcelos ressaltou em homilia que o diácono Welington foi o único dos doze em que ele ordenou para esta igreja diocesana em que ele acompanhou desde a entrada no Seminário Propedêutico, disse então testemunhar a espiritualidade, certeza e consciência desta vocação e isso comprova que é verdadeiramente um chamado de Deus para sua vida.

O bispo desejou ao ordenando que ele seja fiel em seu ministério e um sacerdote santo. “Wellington, assim como Maria, guarde todas estas palavras no coração e seja um sacerdote santo, fiel e feliz. Não busque elogios nem riquezas, continue a ser servidor de Cristo e do seu povo. Como o Cristo, procure fazer bem todas as coisas. (cf. Mc7,37) Celebre cada missa como se fosse a primeira, a única e a última. Seja fiel distribuidor das graças divinas”, disse. E concluiu: “Seja perseverante, fiel na oração, humilde e despojado. Lembra-te que hoje és “consagrado, livre e integralmente a nosso Senhor Jesus Cristo, a quem deves servir com um coração puro e indiviso ‘por causa do reino dos céus’.” Que o Senhor te recorde sempre e sussurre nos teus ouvidos e no teu coração: “Não fostes vós que me escolhestes, fui Eu que vos escolhi.” (Jo15,16)

Dando continuidade, o rito seguiu com o propósito do eleito, ladainha de todos os santos onde o candidato prostra-se ao chão e os demais se ajoelham. Findando a cerimônia, Dom Vasconcelos impôs as mãos sobre a cabeça do diácono e realizou a prece de ordenação, em seguida as mãos do ordenado foram ungidas. Cada sacerdote cumprimentou o novo padre que a igreja acabara de ganhar, mais ainda, esta em particular. O sacerdote percorreu a nave central da igreja juntamente com o bispo apresentando-se ao povo com as mãos ungidas.

O Pe. Welington Silva, neo-sacerdote, chega ao clero para somar como o 83º sacerdote diocesano. No próximo dia 04 de fevereiro, ele assumirá a função de vigário paroquial da Paróquia de Santa Quitéria onde irá colaborar com os trabalhos pastorais ao lado de Pe. Domício Morais, pároco.

Thais Helena
Redação Jornal Correio da Semana

Fotos – Marcildo Brito
Redação Jornal Correio da Semana

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *