Terça-feira, Maio 24
Shadow

CATEDRAL DA SÉ REALIZA ABERTURA SOLENE DA FESTA DA IMACULADA CONCEIÇÃO, PADROEIRA DA DIOCESE DE SOBRAL

CATEDRAL DA SÉ REALIZA ABERTURA SOLENE DA FESTA DA IMACULADA CONCEIÇÃO, PADROEIRA DA DIOCESE DE SOBRAL

Por Thais Helena (Redação Jornal Correio da Semana) – Com o tema central: “No ventre imaculado de Maria brotou a fonte da vida”, e lema: “Eis que conceberás no teu ventre e darás à luz a um Filho, e os chamarás com o nome de Jesus”. (Lucas 1, 31), a Paróquia Nossa Senhora da Conceição, SÉ Catedral de Sobral abriu solenemente no último domingo, 28, a Festa da Imaculada Conceição 2021, padroeira da paróquia e de toda a Diocese. Antes da celebração de abertura houve uma moto carreata que saiu do Santuário São Francisco em direção a Catedral da Sé, e ao chegar na igreja houve o hasteamento da bandeira pelas mãos do Bispo Diocesano, Dom Vasconcelos e do Pároco Pe. João Paulo.

A imagem centenária foi entronizada na igreja, e os fiéis acolheram com muito louvor. E com esse espírito alegre e festivo, o Bispo Diocesano de Sobral, Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos, presidiu a solene celebração, e Pe. João Paulo, Pároco da Paróquia, concelebrou. Fiéis devotos da paróquia e tantos outros que vieram de lugares longínquos para esta missa, e os fiéis que acompanharam à distância pelas redes sociais e rádio educadora, tornaram este momento participativo, oracional e votivo à Nossa Senhora da Conceição.

O Advento é um tempo de penitência, nos prepara para o natal e também para a segunda vinda de Jesus, e neste primeiro domingo do advento celebramos a abertura da Festa da padroeira, Nossa Senhora da Conceição. A homilia de Dom Vasconcelos foi uma bela reflexão sobre o advento. Disse ele: “Este tempo tem por finalidade nos preparar para o nosso encontro com o Senhor, os cânticos, a espiritualidade deste tempo, são marcados por duas palavras. Uma palavra é: Maranata, que significa “Vem Senhor!”. O Senhor vem a cada ano, e no natal não comemoramos apenas um acontecimento passado, mas o Senhor vem e renasce em nossas vidas. A partir deste tempo do advento São José e Nossa Senhora estão perambulando por nossas ruas, estão batendo as portas de nossas casas, pedindo acolhimento. O Senhor vem dia após dia, na pessoa do irmão carente, do irmão necessitado, e nós precisamos ter olhos para enxergarmos essa sagrada família que chega a nossa porta. A segunda palavra que marca o tempo do advento é a esperança. A esperança do Senhor que vem, ele vem para restaurar a humanidade, vem para estabelecer o reino definitivo e nós esperamos que ele venha”.

Nas preces, Dom Vasconcelos pediu junto aos fiéis por nossos corações para que sejam uma manjedoura onde Jesus possa nascer, por nossos lares para que o Senhor possa habitar e que venha ao nosso encontro para nos encher de alegria. Após as preces, foi entronizado as novas aquisições da Paróquia que foram ofertadas a Nossa Senhora e ao altar do Senhor. Sendo elas: um cálice, seis âmbulas grandes e seis âmbulas para a distribuição da comunhão nas missas campais. Sendo uma oferta dividida entre a paróquia e a Diocese.

Ao final, o Pe. João Paulo agradeceu a presença do Senhor Bispo, dos grupos, pastorais e movimentos da paróquia e a todo o povo de Deus por prestigiar a abertura da Festa. Em seguida, houve uma pequena apresentação do Coral da Catedral com o tema: “Elas e Eles cantam Pe. Zezinho”.

Fotos: Marcildo Brito – Repórter Fotográfico Jornal Correio da Semana

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *