Quinta-feira, Abril 18
Shadow

Missionárias Reparadoras do Sagrado Coração de Jesus renovam votos

As Irmãs Reparadoras renovaram seus votos de consagração no último dia 02 de fevereiro durante a Santa Missa da Festa da Apresentação do Senhor na Capela do Menino Deus em Sobral, presidida por Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos.

Em 15 de agosto de 1957, o Pe. Joaquim Arnóbio de Andrade fundou a Congregação das Missionárias Reparadoras do Sagrado Coração de Jesus, cujo carisma é sintetizado em: amor, reparação e evangelização, no bispado de Dom José Tupinambá da Frota e, que, atualmente, conta com casas na Diocese de Sobral, Arquidiocese de Olinda e Recife, entre outras. A congregação traz um profundo desejo de reparar com suas vidas as ofensas dos consagrados contra o Sagrado Coração de Jesus.
Os estatutos foram aprovados no dia 7 de julho de 1959 por Dom José Tupinambá da Frota e ao final escreveu: “Queira o Sagrado Coração de Jesus, a quem o novo sodalício quer louvar de modo particular, transformá-lo um dia em Congregação Religiosa, como deseja seu fundador, logo que a Santa Sé, no seu alto critério, o haja por bem”.

No dia em que a igreja católica celebra a Festa da Apresentação do Senhor, após quarenta dias do Natal também se comemora o Dia Mundial do Consagrado. E tradicionalmente todo ano as Irmãs Reparadoras renovam os votos nesta mesma data. Inúmeros sacerdotes concelebraram. Seminaristas, religiosas, colaboradores dos colégios que fazem parte desta congregação e leigos reparadores também estiveram presentes.

Dom Vasconcelos em sua homilia relatou que o evangelho deste dia festivo nos trás uma inquietação a cerca da luz e das trevas. “Vivemos num mundo escuro em meio as trevas, mas será que a nossa luz está acesa?”, contudo o bispo diocesano pediu aos fiéis que acreditassem neste mistério, oferecessem sem reservas suas vidas, tudo o que são e possuem, e assim Jesus tudo fará. A pobreza, castidade, obediência, não será em vão.

Diana Sousa (nova ingressa na Congregação)

Durante a celebração foi apresentada diante do bispo diocesano e da assembleia, a nova ingressa na congregação, Diana Sousa. A jovem era coroinha na Paróquia de Santa Luzia em Jijoca de Jericoacoara e sentiu-se chamada a vocação religiosa. Por fim, Dom Vasconcelos anunciou uma homenagem à Irmã Antonieta Carneiro Portela que celebrará 80 anos em breve. Convidou então o Comendador José Luis Lira para fazer a entrega do pergaminho papal contendo uma bênção apostólica de sua santidade, o Papa Francisco para a religiosa em virtude de seu aniversário. A bênção foi expelida no dia 16 de janeiro de 2023 na Cidade do Vaticano por intermédio do Cardeal Konrad Krajewski, Emolumentário Apostólico.

 

Thais Helena – Redação Jornal Correio da Semana
Fotos: Marcildo Brito – Jornal Correio da Semana

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *