Domingo, Dezembro 10
Shadow

DIA DO NASCITURO: SEMANA NACIONAL DA VIDA É CONCLUÍDA COM CELEBRAÇÕES E GESTOS PÚBLICOS

 

A Semana Nacional da Vida será concluída neste sábado, 8 de outubro, com o Dia do Nascituro. A iniciativa é motivada em todo o Brasil pela Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), por meio da Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF). Uma ação pública é proposta para marcar a data.

A celebração neste ano traz como proposta de tema “Toda violação da dignidade humana ofende a Deus”. No encontro contido no subsídio Hora da Vida, utilizado durante a Semana Nacional da Vida, destaca-se o desejo da Igreja em colaborar na formação das consciências acerca da importância desse dia, “como meio através do qual podemos permear a sociedade para valorizar e defender a vida desde a concepção”.

O bispo de Rio Grande (RS) e presidente da Comissão Episcopal para a Vida e a Família da CNBB, dom Ricardo Hoepers, motiva grupos e comunidades a rezarem, unidos “pela promoção, defesa e cuidado da criança que está no ventre materno”.

E ele recorda que o nascituro “é dom de Deus, é sinal de esperança, é uma vida sagrada”. E incentiva: “Rezemos por todas essas crianças e também por suas mães, mas também pelas famílias para que acolham com alegria a notícia de uma criança que está vindo a esse mundo. Vamos acolher, de fato, nas nossas casas, nas nossas Igrejas domésticas, esta cultura da vida que defende desde a concepção”.

Gesto

A Pastoral Familiar convida para uma ação pública, num gesto de “propoagação da ‘Luz de Cristo’ para que possa iluminar e proteger as vidas vulneráveis e indefesas”. A proposta é acender o maior número de velas e rezar a “Oração do Nascituro” durante um ato realizado em praças, nas Igrejas, próximo a prédios públicos, entre outros locais.

Pelo Brasil

Na arquidiocese de Cuiabá (MT), o segundo vice-presidente da CNBB, dom Mário Antônio da Silva, celebrará a missal campal no Parque das Águas, após a realização da “Caminhada viva a Vida”.

No Regional Sul 3, há um gesto concreto que foi motivado para todas as dioceses mobilizarem doações de leite e fraldas descartáveis. Em Rio Grande, o encerramento será com Missa no Santuário de Fátima, às 18h30, e, logo após, procissão luminosa seguida de encenação das aparições de Nossa Senhora de Fátima.

Em São Paulo (SP), a tradicional Marca pela Vida ocorre a partir das 9h, com concentração na paróquia Imaculada Conceição.

Outras ações, como missas, marchas, caminhadas e procissões, por exemplo, estão agendadas em todo o país.

 

Fonte: CNBB Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.