Domingo, Setembro 26
Shadow

Santa Casa de Misericórdia de Sobral implanta projeto ‘Polvoando com Amor’ que acalma bebês prematuros dentro de incubadoras

POLVO 1

Com o objetivo de proporcionar um tratamento mais humanizado a pacientes recém-nascidos prematuros, a Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS) implantou na quinta-feira (22/10) o Projeto ‘Polvoando com Amor’. Ideia partiu da enfermeira coordenadora do Serviço de Neonatologia do hospital, Andrea Ribeiro, e teve como modelo o Projeto Octo – nascido na Dinamarca em 2013 –  que vem ajudando bebês a se sentirem mais seguros e confortáveis nas incubadoras das Unidades de Terapia Intensiva Neonatais (UTINs) com a presença de polvos feitos de crochê.

O método auxilia no tratamento do recém-nascido e serve como terapia para a mãe, pois a ideia é que ela mesma – com ajuda de profissionais voluntários – confeccione os polvos de crochê. De acordo com o coordenador médico do Serviço de Neonatologia da Santa Casa, Dr. José Ueides Fechine Júnior, o contato do polvo com os prematuros serve para estimular os bebês em seus primeiros dias de vida: É um projeto que nos leva a melhorar e estreitar laços de carinho com os nossos recém-nascidos, e esses laços nos proporcionam uma melhora clínica dos bebês, e uma melhora no internamento, pois reduz o tempo de internamento. Além disso, também ajuda as mães a terem uma atividade durante o internamento de seus filhos”, destaca.

POLVO 3

Existem critérios para os recém-nascidos poderem ter contato com o polvo de crochê dentro das incubadoras, como ter ficado mais de 72 horas dentro da UTIN e estiver com um quadro clínico estável, por exemplo. A partir da segunda-feira (26/10) os polvinhos já serão vistos no dia a dia das UTINs da Santa Casa, e o hospital ofertará oficinas de confecções, com a colaboração da integrante do Grupo Octo Fortaleza e facilitadora de oficinas, Veronica Aquino, que realizou a doação de vários polvinhos de crochê neste momento de implantação.

O polvo de crochê dentro da incubadora, além de melhorar o vínculo entre a mãe e o recém-nascido, ajuda na normalização da respiração e batimentos cardíacos do bebê, e estimula visão e toque, contribuindo para o conforto e estabilidade do tratamento. De acordo com o diretor-geral do Complexo SCMS, Klebson Carvalho, o projeto é uma das várias melhorias assistenciais adotadas pela instituição nos últimos meses e “mostra a preocupação e dedicação do hospital em buscar uma assistência segura e humanizada aos recém-nascidos prematuros, além de acolher e confortar as mamães”, enfatiza.

POLVO 4

POLVO 7

POLVO 6

POLVO 5

POLVO 8

WhatsApp Image 2020-10-22 at 16.38.56

Santa Casa de Misericórdia de Sobral implanta projeto ‘Polvoando com Amor’ que acalma bebês prematuros dentro de incubadoras

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *