Quinta-feira, Abril 18
Shadow

Paróquia de Marco homenageia Dom Vasconcelos e fundadores da Comunidade Filhos de Sião fazem pedido das promessas definitivas

Para homenagear o sétimo bispo da Diocese de Sobral, o auditório do Santuário do Sagrado Coração de Jesus será chamado “Auditório Dom Vasconcelos”. A iniciativa partiu do pároco da Paróquia de São Manuel, Monsenhor Nonato Timbó. A inauguração aconteceu na última quinta-feira, 22/06, e em seguida foi celebrada a Santa Missa em Ação de Graças onde na ocasião os fundadores da Comunidade Filhos de Sião, Vander Lúcia Menezes Farias e Francisco Adriano Silva, fizeram o pedido das promessas definitivas.

Monsenhor Nonato ressaltou que o objetivo da criação do auditório é para acolher melhor o Apostolado da Oração. Com isso, foram descerrados três quadros fotográficos: A imagem do Servo de Deus Joaquim Arnóbio de Andrade, fundador da congregação das Irmãs Missionárias Reparadoras do Sagrado Coração de Jesus; o segundo, a imagem do Servo de Deus Waldir Lopes, pois partiu dele a iniciativa da construção do santuário e a terceira imagem de Dom Vasconcelos, que realizou a benção do santuário no dia 18 de setembro de 2018 dando alegria ao povo Marquense, e em agradecimento a paróquia realizou essa homenagem.

“Gostaria de agradecer a homenagem feita a mim. Que fique para a posteridade esse momento histórico que estamos vivendo e que cada um possa guardar no coração. Desejo que possamos viver todos em comunhão!”, disse Dom Vasconcelos. O bispo diocesano abençoou o auditório e em seguida todos dirigiram-se ao templo para a celebração eucarística.

A homilia do Senhor Bispo foi marcada pela importância da oração, em seguida, houve o rito das promessas definitivas dos fundadores da Comunidade Filhos de Sião, Vander Lúcia e Adriano Silva, que receberam a benção de Dom Vasconcelos e dos sacerdotes presentes.

Em entrevista ao Jornal Correio da Semana, os fundadores falaram sobre a importância desse dia em suas vidas em que fizeram suas promessas definitivas. “É um contentamento de eternidade, de pertença ao céu. Estou muito feliz por Cristo ter me escolhido e ter permitido que eu assinasse o “de acordo” para sempre. Cabe a mim permanecer firme no sim de cada dia”, disse Vander Lúcia. Já o co fundador Adriano, disse que sentiu que a obra de Deus estava acontecendo para que ele pudesse viver algo extraordinário que não tinha dimensão, porém tudo muito simples. Para ele, o sentimento não era de medo, mas percebia que uma força se apoderava dele, que mesmo sendo sustentado, o homem pequeno, fraco, pobre e, porque não dizer, tantas vezes covarde diante do chamado do Senhor.

Dom Vasconcelos agradeceu mais uma vez pela homenagem. Na ocasião, Monsenhor Nonato pediu a permissão do bispo diocesano para que cada paróquia recebesse a capelinha do Servo de Deus Waldir Lopes e o pedido foi aceito. Logo as capelinhas estarão por todas as paróquias, capelas e comunidades.

 

Thaís Helena
Redação Jornal Correio da Semana

Marcildo Brito
Fotos – Jornal Correio da Semana

1 Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *