Domingo, Setembro 19
Shadow

Entenda o significado da Festa da Misericórdia

No Domingo da Ressurreição começam os cinquenta dias que terminam com a Solenidade de Pentecostes. A Oitava de Páscoa é a primeira semana desses cinquenta dias. É como se o dia da Páscoa fosse um só dia, prolongado nessa semana em oito dias.

Todo o Tempo Pascal, nos cinquenta dias entre o Domingo da Ressurreição e até o Domingo de Pentecostes são celebrados com alegria e júbilo, como um único dia festivo, como um grande domingo.

No Domingo da Oitava da Páscoa, ou seja, o 2º domingo, celebramos também o Domingo da Divina Misericórdia. Foi São João Paulo II que deu esse nome, quando canonizou sua compatriota Madre Faustina.

O então Papa João Paulo II havia anunciado durante a canonização da polonesa Irmã Faustina que em todo o mundo o 2º Domingo da Páscoa receberia o nome de Domingo da Misericórdia. Este é um convite perene para um mundo cristão enfrentar com confiança, na benevolência divina, as dificuldades e as provas que esperam o gênero humano dos anos que virão.

Santa Faustina, que é conhecida como a mensageira da Divina Misericórdia, recebeu revelações místicas nas quais Jesus revelou seu coração, a fonte de misericórdia, e expressou Seu desejo que fosse estabelecido esta festa.

Onde se manifesta a Misericórdia de Deus?

A misericórdia Divina de Deus se manifesta em Jesus. Ele que morre na cruz por nós, Jesus que mostra as chagas da crucifixão para nós abre seus braços, sopra o Espírito Santo e dá a missão para a Igreja de perdoa, reconciliar.

No Evangelho desse domingo, Jesus nos diz “A quem perdoares seus pecados, eles serão perdoados. A quem os retiveres, eles serão retidos”. Jesus é a misericórdia de Deus encarnada. Nele temos a Redenção. Nele temos a salvação e Jesus convida a Igreja a ser este sacramento da misericórdia para o mundo.

Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia. Que Deus, Nosso Senhor, nos abençoe! Que olhando para Jesus possamos aprender com o coração a amar, como Ele amou, a viver como Ele viveu, a sentir como Ele sentiu e, sobretudo, a sermos misericordiosos assim como Ele usou de misericórdia para conosco. Confiemos na misericórdia do Senhor, abramos nosso coração e façamos nossa parte.

Padre Fernando Sampaio

https://www.a12.com/radio/noticias/entenda-o-significado-da-festa-da-misericordia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *