Quinta-feira, Maio 26
Shadow

Diocese de Sobral realiza Missa de Abertura da Campanha da Fraternidade

A Campanha da Fraternidade deste ano tem como tema: “Fraternidade e Educação” e o Lema: “Fala com sabedoria e ensina com amor”, (Pr 31, 26). No texto base da CNBB nos fala que “a Quaresma é um tempo favorável para a conversão do coração” e que a CF realizada pela Igreja no Brasil desde 1964, tem como propósito de ser um caminho para que os cristãos vivam a espiritualidade quaresmal com o sentido de mudança e transformação pessoal rumo à solidariedade a um problema concreto da sociedade brasileira. A apresentação do texto-base afirma que a realidade da educação interpela e exige profunda conversão de todos. “Verdadeira mudança de mentalidade, reorientação da vida, revisão das atitudes e busca de um caminho que promova o desenvolvimento pessoal integral, a formação para a vida fraterna e a cidadania. O documento convida a todos a ver a realidade da educação em diversos âmbitos, iluminá-la com a Palavra de Deus, encontrando e redescobrindo meios eficazes que favoreçam processos mais adequados e criativos a fim de que ninguém seja excluído de um caminho educativo integral que humanize, promova a vida e estabeleça relações de proximidade, justiça e paz”, diz um trecho.

Na Diocese de Sobral a abertura oficial da Campanha da Fraternidade foi no último domingo (06), em celebração presidida por Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos, bispo diocesano. Os colégios: Colégio Sant’Ana, Colégio Farias Brito Sobralense, CMI, Colégio Santo Antônio, ESFA, Escolinha Três Irmãs, Colégio Luciano Feijão, Colégio Coração de Jesus, e algumas representações do ensino de poder público estiveram presentes na santa missa. “Nós somos chamados através da campanha da fraternidade deste ano a falar com sabedoria, e sabedoria é um dom de Deus. Sabedoria não é sinônimo de inteligência, embora inteligência também seja dom de Deus. Mas, sabedoria é muito mais que inteligência, tem gente que é muito inteligente, porém, não é sábio. Sabedoria é sinônimo de discernimento. Falar com sabedoria pressupõe primeiro que devemos ouvir e falar a luz da palavra de Deus. Todos nós somos educandos e educadores, ninguém é suficientemente inteligente e sábio para dizer que não tem mais o que aprender e sim ter humildade para aprender algo sempre, principalmente com pessoas simples que nos ensinam lições profundas de vida. Ninguém é tão pobre, tão sem inteligência que não tenha nada para ensinar, de tudo e todos nós podemos aprender algo”. Disse Dom Vasconcelos em sua extraordinária homilia durante a missa de abertura da CF.

Alguns representantes dos colégios abordaram um pouco sobre o tema da CF deste ano de acordo com as vivências escolares. “No banner podemos perceber Jesus que sendo divino se humaniza para entender a nossa humanidade, ensina e educa com acolhimento, solidariedade e diálogo”. Explanou Marli, catequista do Colégio FB Sobralense. A diretora do Colégio Coração de Jesus, Ir. Selma, agradeceu a Dom Vasconcelos e aos demais pela presença na celebração e ressaltou a importância da escola na vida da sociedade. Ao final, Dom Vasconcelos acolheu e agradeceu a todas as escolas pelo momento e reuniu-se com eles para os registros fotográficos.

Por: Thais Helena – Redação Jornal Correio da Semana (Diocese de Sobral)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *