Quinta-feira, Maio 30
Shadow

Comunidade Paroquial de Morrinhos despede-se de seu pároco emérito, Cônego José Alves Saraiva

Os paroquianos da Paróquia Sagrado Coração de Maria em Morrinhos puderam se despedir de Padre Saraiva durante o velório que aconteceu na igreja matriz durante todo o dia desta última terça-feira, 24/01. A Santa Missa de Exéquias foi celebrada às 17h no patamar da igreja e contou com uma multidão de fiéis.

Filho de Vicente Alves da Silva (com 101 anos, três meses e 22 dias) e Maria Saraiva Irmã. Nasceu em Ipueiras, aos 26 de agosto de 1934. Foi batizado em Ipueiras, na igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição em 22 de setembro do mesmo ano. Foi ordenado sacerdote em 29 de junho de 1963 e entre tantos trabalhos pastorais, foi pároco da Paróquia de Morrinhos de 1965 até 2005, quando se tornou emérito, mas Cônego Saraiva permaneceu lá até os dias de hoje.

A celebração de exéquias foi presidida pelo vigário geral, Monsenhor Agnaldo Temóteo e concelebrada por sacerdotes da igreja diocesana, diácono permanente Edmar Filho e seminaristas. Além destes, autoridades civis, colaboradores e alunos do Colégio Morrinhense Cônego Saraiva também estiveram presentes. Em sua homilia, o vigário geral disse que ao olharmos uns para os outros que estavam presentes poderíamos ver o semblante das pessoas gratidão a Deus pelo tempo que Pe. Saraiva passou conosco e por todo o bem que nos fez, mas também sentimento de saudade de uma pessoa querida que se tornou parte da nossa história, principalmente desta terra que ele tanto amava, e juntamente com a gratidão e a saudade toma lugar a tristeza por sua partida. A morte é uma realidade, mas, nos leva à vida eterna.

Ao final da celebração, o pároco da paróquia de Morrinhos, Monsenhor Rômulo saudou a todos, sobretudo os paroquianos que conviveram com Cônego Saraiva durante seu paroquiato e mantinham um carinho especial por ele, também aproveitou o momento para agradecer a todos que cuidaram de sua saúde diretamente. “Iniciamos o ano de 2023 com a perca de nosso pároco emérito, pois Deus o chamou para contemplar a sua face, justamente quando nossa paróquia completa 65 anos de criação, sendo 55 deles vividos por Pe. Saraiva aqui e 40 enquanto pároco. Deixou sua marca, simples, humilde e destacava-se por seu desprendimento. Muitas pessoas choraram a sua perda e lhe prestaram a última homenagem com o coração pesaroso  mas confiantes na ressurreição. A história de Morrinhos foi marcada através de suas ações fundando o Colégio Morrinhense Cônego Saraiva e com suas pregações que tocaram os nossos corações e certamente hoje estão dando devidos frutos de conversão, amor a Deus e a sua santa igreja. Deus o escolheu através de Dom Walfrido Teixeira Vieira por 40 anos para assumir a função de pároco desta paróquia, na qual ainda é muito viva na lembrança dos paroquianos a celebração de posse canônica. A paróquia estava em festa e feliz com a sua chegada, e ele pôde sentir o carinho do povo e todos curiosos para conhecê-lo.  Hoje rendemos graças a Deus por todos esses anos de seu paroquiato na qual podemos contar com sua presença, condução e orientação. Um dia estaremos todos juntos na ressurreição!”, disse.

Por, se deu início o rito de exéquias que foi conduzido por Monsenhor Rômulo e em seguida o sepultamento no interior da igreja matriz de Morrinhos.

 

Thais Helena – Redação Jornal Correio da Semana

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *